20 Erros ao Entrevistar um Candidato

Veja emTipos de Entrevistas” – 24 artigos sobre entrevistas diversas.

20-erros-ao-entrevistar-um-candidatoAqui estão 20 erros que você precisa evitar ao entrevistar um candidato a emprego. Esses são erros comuns da maioria dos entrevistadores. No entanto, se você quiser ser um bom entrevistador e fornecer uma ótima experiência para candidatos, evite  esses erros!

Como dominar a habilidade de conduzir entrevistas de emprego?

Entrevistar um candidato a emprego não é tão fácil quanto você imagina. Existem muitos tipos diferentes de entrevistas de emprego. Ele leva algum tempo para encontrar o que funciona melhor para você e sua empresa e dominar a habilidade de conduzir uma significativa, entrevista bem sucedida.

Treinar e obter experiência em entrevistas em primeira mão pode ajudá-lo a dominar as habilidades necessárias e a se tornar um bom entrevistador, que contratará a melhor pessoa para o trabalho e a empresa.

Pode levar algum tempo para aprender como estruturar e gerenciar uma entrevista e fazer as melhores perguntas para entrevistas de emprego. No entanto, é fácil evitar alguns erros comuns. Nesta postagem do blog, definirei e explicarei os erros mais comuns de entrevista que você deve observar ao realizar sua próxima entrevista.

Erro 1 da entrevista: você deixa os candidatos esperando

É provável que os candidatos cheguem a uma entrevista a tempo, porque querem causar uma boa primeira impressão. Se você deixá-los esperando por algum tempo, pode dar a impressão de que você não considera a entrevista importante e afeta o desempenho deles.

Erro 2 da entrevista: você não está preparado

A maioria dos candidatos vem bem preparada para a entrevista, e você deve fazer o mesmo. Se você não estiver preparado, envie a mensagem de que não está interessado ou que a própria empresa está desorganizada.

Se você não tenha ainda passou alguns minutos descobrir o que está em currículo de um candidato antes da entrevista, você corre o risco perguntando perguntas irrelevantes. A avaliação do currículo deve ser feita meticulosamente para evitar desperdício de tempo e recursos.

Erro 3 da entrevista: você é pego entre o candidato e a empresa

Você tem que caminhar na corda bamba entre defender um candidato a emprego e representar a empresa. Você deseja apresentar a empresa de maneira favorável aos candidatos, mas não deve exagerar.

Você também pode se encontrar prometendo demais para um candidato. Uma situação em que isso é evidente é quando você adoça o pacote de remuneração oferecendo potencial de crescimento, uma possível promoção etc. e o que é prometido durante a entrevista dificilmente acontecerá na realidade. Este é um erro comum que pode levar alguns funcionários muito decepcionados no local de trabalho.

Erro 4 da entrevista: você é super amigável ou faz perguntas inapropriadas

O profissional remanescente é fundamental no recrutamento. Este não é o momento de criar novas amizades. Pode ser tentador querer conversar e conhecer o candidato, mas furar a questões relacionadas com o emprego é importante.

É ofensivo fazer algumas perguntas a um candidato, como “Quantos anos você tem?” Pedir a um candidato suas afiliações religiosas, persuasões políticas ou preferências de estilo de vida pode até ser ilegal. A conversa deve se concentrar no papel e na capacidade do candidato para preenchê-la.

Erro 5 da entrevista: você não explica o processo de contratação

Todas as organizações têm diferentes procedimentos de contratação. É importante que os candidatos saibam o que esperar. Eles precisarão fazer um teste para demonstrar suas habilidades? São necessárias várias entrevistas? Se você fornecer uma breve visão geral do processo, isso ajudará a tranqüilizar o candidato e garantirá que as expectativas estejam alinhadas.

Erro 6 da entrevista: você dá a impressão de que não se importava com a impressão que está passando. Se você der a impressão de que não se importa com a impressão que está passando não se surpreenda quando os candidatos recusarem qualquer oferta de emprego. Você é um representante da empresa e uma má experiência com você reflete mal na empresa que representa.

São muitos os casos de candidatos que rejeitam ofertas de emprego, por não terem tido uma boa experiência.

Os candidatos fogem das  empresas que revelam a cada passo do processo de contratação que você não é nada para elas – apenas uma engrenagem em suas máquinas”.

Um exemplo disto foi de uma candidata que ficou esperando por uma hora pela primeira entrevista e depois foi informada que o local havia mudado para uma cafeteria local. Ela foi à loja e esperou mais meia hora antes que a pessoa aparecesse e começasse a entrevista sem pedir desculpas por todos os inconvenientes.

Erro 7 da entrevista: Você domina a discussão

O candidato deve falar a maior parte da entrevista. Não embarque em um monólogo que continua e continua. Deixe que os comentários do candidato façam sua próxima pergunta, para que você possa obter informações valiosas que perderia ao falar demais. Faça perguntas claras que exijam respostas detalhadas.

Não interrompa e dê tempo ao candidato para formular uma resposta. Quando os candidatos falam, você pode observar como eles respondem perguntas, preste atenção à sua linguagem corporal, avalia suas tendências naturais, descobre suas experiências e registra suas respostas. Também é um erro ficar quieto demais, ou os candidatos podem sentir que você não responde.

Erro 8 da entrevista: você não consegue ouvir

Em situações de entrevista, você deve fazer perguntas abertas, ouvir a resposta, fazer uma pergunta de acompanhamento, ouvir a resposta e repetir o processo. Provavelmente, os candidatos gastaram muito tempo se preparando para uma entrevista e merecem ser ouvidos. Quando você ouve o que é dito, é provável que suas decisões de contratação melhorem.

Erro 9 da entrevista: Você faz perguntas inconsistentes ou irritantes

Se você deseja comparar os candidatos, precisa ter um conjunto básico das melhores perguntas da entrevista para perguntar aos candidatos a emprego. Se você é inconsistente em suas perguntas, não tem como comparar as respostas. Entrevistadores hábeis tendem a seguir um método, com variações adaptadas às situações específicas.

Um perigo oculto da falta de planejamento é a falta de um padrão objetivo para a comparação adequada dos candidatos. Uma lista de perguntas da entrevista padrão é geralmente agrupada em torno da experiência, aptidão e habilidades interpessoais. Quaisquer perguntas excessivamente complicadas ou retóricas devem ser evitadas.

Erro 10 da entrevista: você sente falta do aspecto humano

Empatia é uma habilidade crítica ao conduzir uma entrevista. Os candidatos nunca devem ser tratados como um recurso. Existe um equilíbrio entre ser excessivamente amigável e ser completamente impessoal.

É importante mostrar que você tem um interesse genuíno por elas e respeita suas qualificações, em vez de fazê-las sentir que estão envolvidas em algum procedimento frio e impessoal.

Erro 11 da entrevista: você perde detalhes importantes.

Quando os candidatos fornecem respostas genéricas não específicas, você precisa procurar um entendimento completo. Descubra exatamente como eles resolveram um problema específico, quantas pessoas eles gerenciaram ou qual era o papel deles em um determinado projeto.

Fazer perguntas abertas e orientadas à realização ajuda os candidatos a fornecer mais detalhes que comprovam seus conhecimentos. Isso também pode ajudar a descobrir inconsistências ou declarações incorretas em seus currículos.

Erro 12 da entrevista: você usa a linguagem que um candidato não entende

As empresas tendem a ter seus próprios chavões. Se você usá-los em uma entrevista, os candidatos podem não saber essas siglas ou termos que são exclusivos para a empresa. Quando você usa uma linguagem clara e sem palavras-chave, evita confusão e economiza tempo ao não precisar fornecer explicações.

Erro 13 da entrevista: Você não distingue entre comportamento natural e habilidades aprendidas

As empresas buscam características como diligência, dedicação e motivação nos funcionários. Criar uma cultura da empresa que abraça essas características exige esforço e recursos. Gerir uma equipe com um funcionário que não se encaixa é extremamente desafiador.

Se um funcionário tiver um mau ajuste cultural, uma ética de trabalho diferente poderá comprometer os resultados de toda a equipe. A pessoa pode ser perturbadora ou perturbadora para outros funcionários. Habilidades específicas no trabalho podem ser aprendidas por meio de orientação e treinamento, e são aprendidas mais facilmente quando um novo funcionário se combina bem com a equipe.

A motivação, que faz parte da personalidade inata, não é tão facilmente aprendida. Olhar além de um currículo e avaliar como o candidato se encaixará na cultura da organização é uma das melhores maneiras de contratar as pessoas certas.

Erro 14 da entrevista: Você está distraído

Muitas coisas podem distraí- lo durante uma entrevista, desde atender o telefone celular até pensar em um e-mail importante ou em uma próxima reunião. Se você estiver distraído, o candidato pode interpretar isso como falta de interesse.

Os candidatos percebem imediatamente quando não têm toda a sua atenção se você não estiver entusiasmado, não faça anotações ou olhe para qualquer lugar, mas diretamente para eles. Se você tem um assunto urgente que você tem que atender, em vez dar uma f ive minutos de pausa e voltar a dedicar-se totalmente mais uma vez para a entrevista.

Erro 15 da entrevista: você critica as respostas de um candidato

Como recrutador, você nem sempre aprova uma resposta dada pelo candidato. Não é seu trabalho corrigir a resposta ou deixar óbvio que você não concorda.

Se você acha que pode ter entendido errado, pode fazer mais perguntas para esclarecer a posição do candidato. Se um candidato está lutando com uma resposta, não há nada errado em pedir um pouco para ajudar a focar uma resposta.

Erro 16 da entrevista: Você apressa o processo

Os candidatos podem ter dedicado horas se  preparando para uma entrevista. Quando estão totalmente preparados e prontos para brilhar, tudo o que recebem é uma entrevista apressada de 15 minutos, que é insatisfatória.Você precisa agendar tempo suficiente com um candidato para determinar se ele ou ela está certo para o trabalho. Apressar-se em uma entrevista deixa uma má impressão e, se você tentar preencher uma posição necessária com pressa, poderá recrutar facilmente a pessoa errada. Quanto mais importante o papel, mais tempo cada entrevista deve demorar.

Erro 17 da entrevista: você sofre a interferência do efeito halo.

Uma situação em que seu julgamento influenciado por um aspecto particular de um candidato – credenciais, aparência ou interesses – é chamado de efeito halo. Isso pode fazer com que você superestime as qualificações de um candidato. Um detalhe negativo pode ter o efeito oposto. Você é apenas humano e, se estiver ciente dessa tendência, poderá fazer o possível para mantê-la sob controle.

Viés pessoal é a razão pela qual muitos gerentes de RH usam um painel de contratação. Um dos muitos benefícios do recrutamento colaborativo é evitar viés no recrutamento. Idealmente, pessoas de diferentes equipes de partes interessadas devem ser incluídas em um painel de contratação. Por exemplo, ao contratar um engenheiro de software, ter um painel composto apenas por engenheiros de software não é o ideal.

O painel deve incluir pessoas que precisariam trabalhar diariamente com o indivíduo, como um gerente de projeto ou alguém do setor financeiro. Depois que a entrevista termina, as impressões podem ser compartilhadas, e é interessante ver como alguém pode ter percebido algo que você perdeu, ou vice-versa.

Erro 18 da entrevista: você não faz anotações

Fazer anotações cuidadosas durante uma entrevista permite comparar candidatos e revelar lacunas em suas informações. Também ajuda a compensar uma tendência a colocar muita ênfase no desempenho da entrevista – alguém que entreviste bem pode não ser necessariamente uma correspondência tão boa para uma posição específica quanto um candidato despretensioso e mais reservado.

Se você não escrever o que o candidato diz durante a entrevista, lembre-se do que achou que foi dito e não do que foi dito. A revisão de suas anotações verbais deve estimular sua memória, para que você possa considerar com mais precisão os pontos fortes e fracos de cada candidato. Sem suas anotações escritas, pode ser difícil determinar quais candidatos vão passar para a próxima rodada.

Alguns recrutadores possuem marcadores de entrevistas, onde listam as principais habilidades e realizações que exigem dos candidatos. Se sete critérios puderem ser usados, incluindo habilidades de liderança, vendas, etc.), os candidatos serão pontuados de 1 a 7, medindo-os objetivamente em relação aos critérios necessários para o trabalho.

Outro fator que pode influenciar a objetividade é o tempo decorrido entre as entrevistas. Ver um candidato ruim e um bom candidato, um após o outro, pode fazer você ver o bom candidato como sendo melhor do que ele ou ela, devido ao contraste. Ter algum tempo entre as entrevistas para revisar objetivamente pode ajudá-lo a evitar isso. Tomar boas notas e analisá-las fornecerá uma noção mais precisa de como os possíveis candidatos se comparam.

Erro 19 da entrevista: Você é honesto demais

Os candidatos não querem ouvir que não estão à altura de outros candidatos e que suas chances de conseguir o emprego são baixas. Não subestime suas realizações. Evite dar feedback a eles durante a entrevista. Isso deve ser salvo para uma comunicação  pós-entrevista, na qual você pode escolher suas palavras com mais cuidado.

Erro 20 da entrevista: você evita perguntas

Às vezes, você pode fazer perguntas para as quais você não sabe a resposta. Desviar a pergunta dá uma impressão ruim, especialmente se você a faz de maneira condescendente. Seja honesto por não saber ou por não poder divulgar a resposta. Não tente mentir ou embelezar, pois os candidatos provavelmente descobrirão mais tarde e saberão que você os enganou.

Dicas adicionais para evitar erros comuns na entrevista

Suas habilidades de entrevista crescerão à medida que você as pratica e ganha mais experiência. Em pouco tempo, você desenvolverá as características de um bom entrevistador e poderá gerenciar uma entrevista e estruturá- la da melhor maneira possível.

Esteja sempre preparado, não apresse o processo, respeite as respostas do candidato e seja autêntico. Isso permitirá que você se torne hábil na seleção do melhor candidato para o cargo.

Autor: Susan Saurel Fonte: TalentLyft.com

Veja nosso video sobre Avaliação de respostas no Youtube.

Gostaria de receber mais informações internacionais sobre RH e Recrutamento e Seleção? Nós buscaremos para você. Deixe seu comentário.

Se gostou deste artigo, ajude na divulgação, compartilhando o conteúdo sobre Tipos de Entrevistas e fazendo o nosso curso online de Seleção por Competências nas redes sociais ou colocando um link no seu site pra passar sua força e melhorar a classificação deste material nos resultados de pesquisa.

Aproveite para se inscrever no nosso canal do YouTube e também assine nossas Newsletters pra ficar por dentro das novidades em artigos e cursos online.

Assista o nosso vídeo com as principais dicas para realizar uma excelente entrevista com base comportamental.

download
Reproduzir vídeo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no skype
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

Scroll Up

Formulário de contato

Preencha o formulário abaixo,
que responderemos o mais breve possível.